quarta-feira, maio 17, 2006

Gota d'água (Da série la vie en close)


Algumas pessoas vivem como se tudo girasse ou devesse girar ao seu redor. E não percebem que vão ficando cada vez mais sozinhas, porque é impossível estar sempre disponível quando querem. E é triste, pois acabam por afastar quem esteja a sua volta, que vai ficando quieto, vai rindo aqui, relevando acolá, até que um dia a gota d'agua. Sim, dá pra levar com bom humor por algum tempo os ataques de egoísmo, inclusive porque alguns lances são cômicos mesmo. Mas não dá sempre, não dá por muito tempo. Quando minha filha nasceu, tinha poucas amigas com a experiência da maternidade. E foi a partir daí que passei a entender algo que antes era um mistério pra mim: a razão pela qual as pessoas acabam buscando a amizade dos semelhantes (situacionais). Casais com filhos se relacionam com casais com filhos, casais sem filhos com casais sem filhos, amigas que casam e se distanciam das solteiras e por aí afora. É muito mais fácil que um semelhante entenda o outro, pois para compreender alguém que passa por algo que você nunca passou, é preciso saber se colocar no seu lugar. E se colocar no lugar do outro parece ser muito difícil. Então fica assim. Azar de quem consegue, até que venha a gota d'água e a maré vire o barco.
imagem: antônio manuel pinto da silva

5 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Nossa, que solid~~ao, que coisa triste. O que aconteceu...

17/5/06 18:16  
Blogger Gláucia disse...

Não aconteceu nada. Só pensando.

17/5/06 22:01  
Blogger papalagui disse...

A verdade é que parece que as coisas que nos acontecem deixam em nós um estigma que nos faz sentir diferente dos outros, não melhor nem pior, mas diferente, às vezes mais distante. Quanto ao egoísmo, cansei de pessoas que só olham para o seu umbigo. O blogue é o meu porto de abrigo mas no dia-a-dia ando para frente sem moer os outros com a efervescência da minha cabeça e a dor que me destroça a espaços. Bjs grandes, Gláucia.

18/5/06 05:44  
Blogger Gláucia disse...

Papalagui,
Acho que tens razão sobre os estigmas.
E penso que pra mim também o blog é um abrigo, sabe.
Em várias experiências fortes que se sucederam, inclusive a que vivemos em comum, acabei reparando isso: algumas pessoas não conseguem entender aquilo que não lhes diz respeito. Com o tempo vai ficando pesado.
Bjs

18/5/06 14:07  
Blogger mamaezinha querida disse...

sábia glaucia é isto mesmo!
Quando meu filhote nasceu,o que eu mais senti foi o afastamento dos meus amigos sem filhos.
Eu tava gorda,com aquele filho lindo ,meus amigos me olhavam e viam a cris gorda,eu não pude mais ve-los efui buscar outras referencias .
Agora to magra com filho lindo maravilhoso, e algo mudou em mim com relação aos amigos.
hoje sou muito mais aberta e menos preconceituosa.
beijos linda

18/5/06 17:53  

Postar um comentário

Voltar

free web stats eXTReMe Tracker

Apollofind Counter

referer referrer referers referrers http_referer