domingo, abril 02, 2006

Tuca (Da série Parabéns a Você)


Minha querida irmã

Queria te escrever o que de mais bonito uma irmã já escreveu à outra, para te desejar feliz aniversário. Queria escrever quase-desenho, luz e sombra, fazendo justiça à beleza da tua brancura, perpetuamente re-inaugurada no corpo negro do teu amado; fazendo justiça a teu espírito livre e tua coragem desmedida. Queria escrever quase aquarela, pintando as cores da enganadora fragilidade da tua figura, hoje mais forte do que ontem, permanentemente refeita dos revezes e tristezas que enfrentas tão altivamente. Queria escrever óleo sobre tela, em cores intensas, da minha admiração sem fim, da minha saudade que nunca cessa, da falta que me faz o amor que leio nos teus olhos. Então lembrei da coisa mais bonita que já li, na vida, sobre irmãs. Diz assim:


Hermanas. Brotadas de la misma semilla. Descendientes del mismo tronco. Raíces comunes. Común herencia. Un alma, dos molduras. Parábola y hipérbole.
Hermanas. Han sido apartadas. Por la vida. Por el mar. Por sus propios sueños. Distintos, distantes.
Hermanas. Lejanas. Les inunda el extraño. Les alaga el llanto. Les llega el miedo. De la soledad, del olvido.
Hermanas. Cambian cartas y canciones. Cambian palabras y silencios. Gustos y disgustos. Y esperan horas, días, meses. Hasta el próximo encuentro. Hasta el próximo abrazo.

E o escreveste tu, minha irmã. Tenho tanto orgulho de ti! E cá estou, escrevendo teu nome na areia, soletrando teu nome, meu nome, nosso amor, que nenhum mar há de apagar. E sigo esperando horas, dias, meses. Até o próximo encontro. Até o próximo abraço...
Te Amo,

imagem: Drawing in the sand - Dorry van de Winkel

19 Comentários:

Blogger papalagui disse...

Me desulpem a intromissão mas o texto está lindo! E muitos parabéns, Tuca!

2/4/06 07:33  
Anonymous elisabete disse...

Vi o quadro, primeiro. Fui lendo o texto, depois. Texto e quadro ficaram um só. Depois, a beleza, a pureza, a doçura que extravazavam dele já eram todas O QUADRO. Tu pintaste obra-prima de amor. Que prenda maravilhosa de irmã-amiga, para amiga-irmã! Mil beijos para ambas.

2/4/06 09:09  
Anonymous Karina disse...

Parabéns Tuca!
Como a Gláucia disse que era mais fácil falar contigo por aqui, vim te desejar um feliz aniversário.
Beijos da sempre amiga, Karina.

2/4/06 11:07  
Blogger CALEXIco. disse...

Com um post desses o que resta pra gente falar?

Parabéns e felicidade sempre, Tuca.

Baijão

2/4/06 12:12  
Anonymous Aldira Retamozo disse...

Clarissa ( Tuca)
Depois de tudo que foi cantado pela Gláucia, tua irmã, só resta APLAUSOS !!
O amor de vcs. sempre foi grande.
Como grande foi o amor de JR, que se plantou em mim para germinar novas sementes. E a colheita veio,farta de promessas de amanhãs.
Quando lancei-as ao mundo, sabia, teriam vôos mais altos, céu pleno e nem tanta serenidade, pois almas inquietas.
Me fizeram ninho e alimento numa época de irresistível estado de graça.
Amo vcs.,e sei, reconhecem o quanto as amo, ternura e carinho para essas duas filhas maravilhosas.
Aldira

2/4/06 15:07  
Anonymous Keiko disse...

Tuca,

Que lindo! Parabens e muitas, muitas felicidades!

Beijo,
Keiko

2/4/06 16:17  
Anonymous J.L. disse...

Tuca,
FELIZ ANIVERSÁRIO!!!
Amor no coração, saúde no corpo!!!
Um beijo
J.L.
PS - Gláucia, o post tá lindo de viver.

2/4/06 17:01  
Blogger Tuca disse...

Gláucia, quisera eu ter aquarela e pincéis, tela em branco e inspiração certeira para responder-te.
Adorei o post. Poema-pintura. Obra-prima de belas palavras.
Só me resta agradecer. Por seres o que és para mim, por seres minha, minha irmã, por fazeres parte da minha vida desde sempre "y hasta siempre".
Também me orgulhas muito. Também te amo! Amor que nenhum mar dilui.
Beijos.

2/4/06 17:10  
Blogger Gláucia disse...

Já tô chorando, já tô. Bjs

2/4/06 17:18  
Blogger Tuca disse...

Aldira, parte do que fui e sou devo à ti e ao pai. Obrigada pelo que escreveste, pelos ensinamentos, pelo carinho. Obrigada por tudo. Também te amo, mãe!

2/4/06 17:22  
Blogger Tuca disse...

Rá, rá! Minha irmã é doida e todos pensam que ela é faceira...

(Também me fazes chorar cada vez que referes este teu amor incondicional por mim)

2/4/06 17:26  
Blogger Tuca disse...

"Personas, Mi Gente, Mi Pueblo": Gracias, gracias, gracias! Papalagui, Elisabete, Alex, Keiko, JL.
Karina, quantas saudades...
Adorei todas as homenagens. Beijos a todos.

(Estou com o "egão descontrol" como diz Glau, a louca.)

2/4/06 17:33  
Blogger Margarida disse...

Feliz Aniversário, Tuquinha. Estamos comemorando juntas.
Harriet e Marga

2/4/06 18:03  
Anonymous Biba Retamozo disse...

Tá, cheguei atrasada, como sempre, mas para desejar de todo coração um Feliz Aniversário, com muita saudade e carinho, para a mana tuca-pituca-mutuca, que está no além-mar, mas resta em nosso pensamento todo dia, toda hora. A mana que me recepcionou, nua pela casa, dizendo "Calane, tu sedou", na recepção mais calorosa que já tive até hoje. Beijos mil, Tu, sabes o quanto te amo e te sinto falta.

2/4/06 19:42  
Blogger Tuca disse...

Harriet e Margarida. Comemorem por aí, pois aqui a coisa está bombando (ou deveria dizer explodindo)! Orgia gastronômica... Churrasco e feijoada no almoço; torta de sorvete na sobremesa. Jantar, macarronada! Ok, amanhã, segunda-feira, começo a dieta. Adeus pastéis de nata!
Obrigada, gurias. Beijos.

2/4/06 20:01  
Blogger Tuca disse...

Biba, não chegaste tarde. Serás sempre recebida por mim como da primeira vez, calorosa e alegremente (pero vestida).
Obrigada. Também te amo. Também sinto muito tua falta. Beijo.

2/4/06 20:08  
Blogger Gláucia disse...

Povo, que bom que vocês gostaram do post. A dementinha (irmã da demente) merece, mesmo.

3/4/06 04:16  
Blogger Héctor Ojeda disse...

Felicidades, hermoso post y son ustedes GEMELAS...? Abraco Glau.

4/4/06 14:24  
Blogger Gláucia disse...

Gêmeas de alma, talvez. Mas literalmente falando, não. Porém muito parecidas, muito próximas, desde sempre.

4/4/06 17:19  

Postar um comentário

Voltar

free web stats eXTReMe Tracker

Apollofind Counter

referer referrer referers referrers http_referer