domingo, abril 09, 2006

Presentes (da série Bilhetes e Lembretes)


Sexta-feira ganhei um presente maravilhoso. Chegaram d'além-mar, enviados pela Papalagui, morreste-me e a criança em ruínas, de José Luís Peixoto. Gendocéu (copiando J.L), é tudo muito lindo. Eu sabia que era, pelo que já tinha lido, mas é maior, é grandioso e delicado, é artesanal e veloz, lúcido sem renúncias, belo sem concessões. Obrigada, Papalagui. Senti vontade de dançar e de chorar com essas duas jóias nas mãos. Fui apanhada em cada palavra, em cada página, em cada poema. Não há agradecimento suficiente, não há agradecimento que alcance a delicadeza do teu gesto, nem a pureza do meu contentamento com esses livros entre as mãos. Beijos do sul do Brasil.
imagem: Chico do Vale

3 Comentários:

Blogger papalagui disse...

De nada mesmo, Gláucia, é uma prazer imenso partilhar! Beijos enormes deste lado do mar :)

10/4/06 08:08  
Blogger Héctor Ojeda disse...

Yó te regalo una canción, a ver cómo anda tu sensibilidad. Beijo querida.

10/4/06 17:25  
Blogger Gláucia disse...

Papalagui,
Este blog andará mais bonito nos próximos tempos, graças a ti. Bjs

Héctor,
Gracias e besos.

10/4/06 22:53  

Postar um comentário

Voltar

free web stats eXTReMe Tracker

Apollofind Counter

referer referrer referers referrers http_referer